terça-feira, 30 de novembro de 2010

[subterfúgio da convergência]

% Marlene tinha fixação por bigodes.

§ Márcio não sabe dançar.

@ Jair gosta da bonecas.

# Elaine rabisca as paredes do quarto.

% Todos os dias no banho, brincava de se barbear com a lâmina do pai, na esperança de que em alguns meses fosse premiada. tal hábito a fez desenvolver um talento único e, hoje em sua galeria, exibe os mais excêntricos trabalhos.

§ Aos dezessete anos se iniciou na vida boêmia. De pé. Num canto da pista se segurava num copo, e encantava as mulheres com sua atitude desinteressada.

@ Da janela do apartamento, viam-lhe o rosto de vez em quando. Ele ria quando se lembrava da condição limitada das pessoas, afinal, ninguém possui uma visão curva para ver se santuário. 169 barbies.

# Todos os anos precisava pintar as paredes da casa, pois estavam fechadas. Intitulava os cômodos da casa com as estações do ano e desenhava um metro quadrado por dia.

& E havia, também Evaristo: e em que ele se relaciona com tudo isso? Não muita coisa. Ele apena gosta de um belo rabo.

Um comentário:

DANIELI CASTRO disse...

"Um belo rabo"
Não que eu pense em transformações textuais ou literárias, mas esse seu "eu lírico" sempre canastrão já enjoou... de verdade. Acho que vou dar um tempo dele. kkkkkkkk